O que são os crustáceos?

O filo Arthropoda, grupo de invertebrados com o maior número de espécies viventes na superfície da terra, estimado em aproximadamente 1.097.289 táxons descritos, abriga o subfilo Crustacea. Registros fósseis indicam que os Arthropoda surgiram no Cambriano Inferior, há aproximadamente 550.000.000 de anos indicando um longo tempo evolutivo para especiação e experimento de forma e função dentro do grupo. Dentre os Arthropoda, os crustáceos dominam o ambiente marinho e devido à sua grande abundância e diversidade são muitas vezes considerados como os “insetos do mar”. Os crustáceos são populares entre o público leigo por conterem espécies economicamente importantes no pescado como camarões, caranguejos, lagostas e lagostins. O grupo exibe uma grande plasiticidade de formas e tamanho, podendo variar em comprimento de 0,1 mm, como algumas espécies intersticiais ou planctônicas até formas bem grandes como o caranguejo japonês Macrocheira kaempferi que pode atingir até 4m de envergadura das patas. Outro grupo peculiar são os isópodes do gênero Bathynomus que podem atingir até 35 cm de comprimento e são comumente encontrados no talude da costa brasileira. Ainda assim, os crustáceos possuem uma uniformidade e podem ser definidos por apresentarem cinco somitos cefálicos, com respectivos apêndices: primeira antena (antênula), segunda antena (antena), mandíbula gnatobásica, primeira maxila (maxílula) e segunda maxila (maxila); tronco pós-cefálico presente e geralmente dividido em tórax e abdome; um ou mais somitos torácicos podem estar fusionados à cabeça e seus respectivos apêndices são chamados de maxilípodes; apêndices birremes (ou secundariamente unirremes); escudo cefálico ou uma carapaça geralmente presente, e uma larva natante chamada nauplius. Contudo, o estágio naupliar pode se passar dentro do ovo, com liberação de larvas em estágios mais adiantados (desenvolvimento indireto) ou pode ser totalmente suprimido, com liberação de jovens similares ao adulto (desenvolvimento direto).

Onde vivem?

Quanto ao hábito de vida, os crustáceos são predominantemente marinhos e podem ser encontrados em todas as profundidades dos oceanos do mundo desde as zonas polares até os trópicos. Alguns grupos conquistaram com sucesso a água doce como algumas famílias de caranguejos, camarões etc. e poucos o ambiente terrestre, este último sendo melhor representado pelos tatuzinhos de jardim (Isopoda – Oniscoidea).

Importância ecológica.

Por ser um grupo extremamente diverso, amplamente distribuído e abundante nos oceanos, os crustáceos apresentam um importante papel ecológico nesse ecossistema. A variedade de hábitos de vida do grupo reflete no seu papel na cadeia alimentar. Sendo assim, no bentos, os macrocrustáceos peracáridos (5-20mm) como anfípodes, isópodes, cumáceos e tanaidáceos entre outros e alguns grupos de camarões e caranguejos reciclam matéria em decomposição uma vez que são animais detritívoros. Conseqüentemente, são importante fonte de alimento para peixes, baleias (em zonas temperadas) e outros invertebrados, sendo muitos desses de importância econômica para o homem. Crustáceos Decapoda como caranguejos, lagostas e camarões são importante dieta de vários peixes, polvos, outros crustáceos, e o próprio homem. No plâncton marinho os copépodes são geralmente o grupo mais abundante e consequentemente são a base da alimentação de vários animais planctotróficos. Devido a essa abundância e conseqüente influência no ecossistema em questão, os crustáceos são amplamente e frequentemente utilizados em trabalhos de monitoramento ambiental.

Crustacea no Brasil.

O conhecimento de Crustacea no Brasil vem crescendo nos últimos anos. A comunidade brasileira de carcinólogos é grande. Nos últimos anos (2000-2007) foram realizados 4 Congressos Brasileiros sobre Crustáceos com apoio da Socideade Brasileira de Carcinologia (SBC) (http://www.sbc.nauplius.com.br/). A revista Nauplius (http://www.nauplius.com.br/) é a publicação oficial da SBC e vem sendo publicada desde 1999. Reúne um vasto conhecimento de Crustacea do Brasil e de outras partes do mundo e sem dúvida é um eficiente meio de comunicação entre a comunidade carcinológica brasileira.
porno gebze evden eve nakliyat evden eve nakliyat xxx video izle türk pornosu izle redtube, xhamster izle BDSM Videolari izle,Travesti pornosu izle